Mark W. Baker fala sobre a psicologia de Jesus Cristo

Na noite deste sábado (14/09/2013), centenas de pessoas se reuniram na sede internacional da Renascer em Cristo, em São Paulo, para serem ministradas por Mark W. Baker, autor, palestrante e conferencista, que ficou mundialmente conhecido por abordar em suas obras, a relação que existe entre a espiritualidade e a psicologia.

“Jesus, o Maior Psicólogo que já Existiu” é um dos livros, escritos por Baker, mais requisitados pelo público brasileiro.

“Na psicologia, nós lidamos com as pessoas de duas formas: controlando-as e influenciando seus sentimentos. Jesus tinha poder para fazer isso, mas preferiu se relacionar conosco pelo amor, porque nós o escolhemos. Jesus é Deus, mas Ele não quer controlar ninguém. Se você viver da maneira que Jesus viveu, você terá harmonia com o Criador! Você terá poder, mas não se valerá disso para controlar as pessoas, mas para ajudá-las”, introduziu.

“Os lideres das Associações Psicológicas mudaram sua forma de encarar as coisas. Eles acreditam que o método adotado por Freud não é eficaz, porque é controlador. Na verdade, a cura está no relacionamento com um ser superior, que te conhece e se preocupa com você! Essa é a base do evangelho. O homem que chegou a essa conclusão nem é cristão, é o presidente da Associação Psicológica dos Estados Unidos”, disse ele.

Durante a palestra, o autor ressaltou que a base da cura para distúrbios psicológicos está nos relacionamentos. “Nós costumávamos a pensar que éramos seres racionais, mas hoje sabemos que somos seres ‘relacionais’. Vivemos em um sistema integrado! Todos nós somos criados à imagem e semelhança de Deus e Ele sempre buscou se relacionar com o homem, abertamente. Nós conseguimos superar nossos traumas, quando Ele encontra em nós um espaço para se relacionar com essas feridas”, conscientizou.

Não confie no seu autocontrole

Mark acredita que o sentimento de autossuficiência que o homem tem é o principio da destruição. “O poder de controlar os seus sentimentos é limitado e temporário. Somente há uma transformação verdadeira, por meio do nosso relacionamento com Deus. Muitas pessoas acham que procurar ajuda nos torna fracos, mas através de nossas vulnerabilidades, encontramos e criamos forças!”, disse.

“As pessoas acreditam em Deus, mas não acreditam que merecem ter uma aproximação com o Criador. Às vezes, as pessoas têm medo de chegar ao Senhor, mas têm liberdade de chegar em nós. Não tenha medo de ser um canal de bênçãos”, declarou.

Jesus não pregava sobre religião

Beker enfatizou em sua palestra que Jesus não veio para criar ou pregar uma religião. “Jesus veio para nos mostrar como ter uma relação direta e verdadeira com Deus. É esse relacionamento que nos fortifica e que nos faz ser um instrumento de cura”.

Crentes X descrentes

O palestrante também falou que as pessoas incrédulas têm dificuldades de lidar com autoridades. “As pessoas não espirituais não acreditam em Deus, elas acreditam no poder de suas escolhas, no destino e, além disso, têm muita resistência com autoridades. As pessoas espirituais acreditam que Jesus cria as escolhas para suas vidas e que Ele decide o que é melhor. Elas se sentem confortáveis com isso. Elas se sentem protegidas pela autoridade, têm mais segurança”, acrescentou.

48 leis do Poder

Mark deu um alerta e mostrou que as leis do poder, impostas pelo homem, os tornam mais limitado. “Um dos livros mais vendidos do mundo chama-se ‘As 48 Leis do Poder’. Na verdade, elas mostram como você pode ter um controle, em um curto prazo. É bem diferente do que Jesus nos ensina”.

O autor citou alguns exemplos. Veja a seguir:

1- De acordo com o livro: Nunca ofusque seu mestre, por medo de represálias… Jesus disse: Confie em Deus.

2-De acordo com o livro: Nunca abra o coração para seus amigos e use seus inimigos… Jesus disse: Não vos chamo de servos, mas de amigos.

3-De acordo com o livro: Esconda suas intenções… Jesus disse: Pregue o evangelho para toda criatura.

4-De acordo com o livro: Faça os outros trabalharem por você e leve todos os créditos… Jesus disse: Deus abençoa os humildes, mas resiste aos soberbos.

5-De acordo com o livro: Seja um amigo, mas haja como um espião (lobo em pele de cordeiro)… Jesus disse: Eu sou o cordeiro de Deus.

6-De acordo com o livro: Destrua seus inimigos… Jesus disse: Ame seus inimigos.

“Autoridade e o amor são a maior forma de poder. O desejo de controlar, na verdade, só expõem os nossos medos”, concluiu Mark.

No final da palestra, houve uma sessão de autógrafos com o autor.

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Leave a Reply

Your email address will not be published.

1 × 3 =